" A DEMOCRACIA E A VERDADE PROFUNDA " | Futuro da Economia

" A DEMOCRACIA E A VERDADE PROFUNDA "




"  A DEMOCRACIA E A VERDADE PROFUNDA  "


     Jamais emergirá a suprema luz da justiça, nem no dia de "São Nunca" ou das "Calendas Gregas", surgirá a democracia perfeita. A humanidade graças ao conforto físico, perdeu a essência e a emoção, aceitou o dinheiro e entregou em troca a virtude como nas palavras de Sócrates. O mundo vive entre a dúvida e a certeza ideológica do capitalismo e do socialismo, navega pelo mar revolto da política semântica, e assim, como não poderia ser de outra forma, não produziu nada até os dias de hoje para que pudéssemos acreditar num futuro solidário.
     Podemos concordar que tanto uma democracia como o comunismo dependente nas entranhas do processo produtivo do capital e do capitalista. Somos nós, seus servidores ... seres consumidores desde que nascemos e até em qualquer ponto da terra. Como não citar Sócrates repetidamente: "TEMOS UM ESPÍRITO QUE SE INQUIETA COM MIL NECESSIDADES POR ELE CRIADAS PARA SEU CORPO". Não nos importamos se empobrecemos a alma para vivermos numa democracia plutocrática, entre a pobreza dominada e a concentração de renda dominante.
     Se pouco ou nada adianta continuar, valho-me então em me fartar com o pensamento de que os preceitos estão acima das pequeninas e cruéis dos homens. Portanto, ele é uma virtude encontrada, é por ela que nos manteremos, as vezes alheios ao nosso redor, e as vezes buscando em nascentes mais puras, as águas da sabedoria que satisfaz a nossa sede, caustificada pela ignorância e a arrogância.












POLITICA DE PRIVACIDADE
Futuro da Economia | Todos os direitos Reservados | Desenvolvido por RIOBRASIL